×
×

Telefone:
(64) 3621-4880

WhatsApp:
(64) 9.9609-2962

Endereço:
Rua Dona Maricota, n° 82 | Jardim Marconal | Rio Verde, GO

Siga-nos

IRPF

Declaração de Imposto de Renda Online

Atenção: O prazo para entrega da declaração foi prorrogado para 31/05/2021.

Contrate a Augusto Assessoria para fazer a sua declaração no conforto da sua casa. Tenha orientações tributárias individuais, feitas virtualmente, e preparação da declaração sob demanda, realizada por um de nossos profissionais. (contamos com videoconferência, chamadas via VoIP, além dos meios tradicionais de comunicação, sempre disponíveis para melhor lhe ajudar).

Orientações:

  • Todos os documentos podem ser enviados de forma online, basta preencher o formulário abaixo e anexar os documentos, necessários;
  • Após o envio, um profissional da nossa equipe irá analisar toda a documentação, disponibilizando o seu orçamento e se necessário entrará em contato para maiores esclarecimentos de acordo com o seu perfil;
  • Após o aceite, recebera no seu e-mail, USUÁRIO e SENHA, no qual lhe dará acesso completo a nossa plataforma online, com TODA DOCUMENTAÇÃO disponibilizada, e ao final o comprovante de transmissão da sua Declaração IRPF 2021;

* As informações enviadas para Augusto Assessoria Contábil serão disponibilizados através de aplicações que visam garantir a total segurança, rastreabilidade e integridade dos dados, ficando armazenadas em nossos servidores apenas durante o período necessário para a sua transmissão e conferencia, em conformidade com a Lei Geral de Proteção de Dados 13.709/2018.






    * ao preencher este formulário e nos enviar seus documentos pessoais, você estará concordando com a nossa Política de Privacidade.

    Documentos exigidos na Declaração do Imposto de Renda 2021

    • CPF dos dependentes

    Contribuintes que possuem dependentes na declaração devem inserir o CPF de todos eles, inclusive das crianças. Caso algum deles ainda não tenha o CPF, peça o documento em qualquer agência do Banco do Brasil, da Caixa Econômica Federal ou dos Correios.

    • Informe de rendimentos

    No informe de rendimentos da empresa constam informações como rendimentos tributáveis (salários, por exemplo), contribuições ao INSS e rendimentos tributáveis exclusivamente na fonte (13º salário).

    Também serão informados, se for o caso, o valor do IR já retido na fonte, os rendimentos isentos (como a venda das férias, por exemplo), possíveis contribuições para planos de previdência privada e gastos com planos de saúde e odontológico coletivos.

    • Informe de bancos e corretoras

    O documento mostra as operações e as posições financeiras do ano passado, como valores depositados na conta e valores investidos em produtos financeiros e seus rendimentos.

    • Extrato do INSS

    No caso dos aposentados, eles devem acessar o portal Meu INSS ou ir até uma agência do instituto, mediante agendamento prévio, para retirar o documento pessoalmente.

    • Comprovante de rendimento e pagamento de aluguéis

    Contribuintes que pagam ou recebem aluguéis também precisam de documentos que detalham os valores. As imobiliárias podem fornecer esses comprovantes.

    No caso de  inquilinos pessoa física em que os pagamentos são efetuados diretamente ao proprietário, a comprovação junto à Receita é feita através de recibos dos depósitos bancários.

    • Recibos de médicos, dentistas e educação

    Os gastos com médicos, dentistas e demais profissionais de saúde, exames, internações e planos de saúde podem ser deduzidas totalmente no Imposto de Renda. Tenha em mãos todos os recibos, notas fiscais e boletos de despesas pagas em 2020.

    • Comprovantes de compra e venda de bens

    O contribuinte que vendeu ou comprou um carro, imóvel ou qualquer outro bem em 2020  deve ter em mãos o contrato, escritura, nota fiscal ou recibo.

    Auxílio emergencial deve ser declarado

    Neste ano, uma das novidades da declaração do Imposto de Renda é a necessidade de declarar o auxílio emergencial que foi recebido por cerca de 67 milhões de pessoas no ano passado. O benefício que foi pago em decorrência da pandemia deve constar na declaração.

    • Como declarar o auxílio emergencial no IRPF

    O auxilio deve ser informado na ficha “Rendimentos tributáveis recebidos de pessoas jurídicas” indicando o CNPJ 05.526.783/0003-27 e Fonte pagadora: Auxílio emergencial – covid.

    O preenchimento é feito através do programa do Imposto de Renda 2021 ou no aplicativo “Meu Imposto de Renda”.

    × Como posso te ajudar?